X

a myriam é artista plástica na cidade do rio e desde 2012 trabalha com o tema ‘sementes de girassol e flores’. ela usa esses elementos como destaque nas artes e adiciona sempre bastante pintura! como não amar? 🙂 a facilidade para o universo artístico começou muito cedo. a artista conta que sempre era muito simples representar o mundo através de imagens e, com o tempo, foi ganhando habilidade manual.

no ano passado começou a trabalhar com suportes mais contemporâneos e ultrapassou os limites das telas tradicionais. com as flores, por exemplo, a myriam passou a colocar pétala sobre pétala e as antigas telas ganharam um novo formato.

mas aí veio outra ideia! ao andar pelas ruas da turquia e, depois, pela coleta de reciclagem da cidade maravilhosa, viu que o papelão também poderia servir como tela pras suas obras. a artista conta que viu muito papelão jogado por aí e perfeito pra utilização! e por quê não reutilizá-lo? (: a ideia tem muito a ver com o conceito de ‘contemporâneo’, já que, cada vez mais, vemos empresas, grupos e pessoas tomando uma postura mais eco-friendly.

há um tempo atrás, a artista foi até uma escola pública do rio e fez uma oficina com os alunos pra mostrar a importância da reciclagem. além disso, mostrou como é possível fazer arte reutilizando elementos.

a myriam chegou a fazer arquitetura, cenografia, morou fora por dois anos e voltou pro brasil pra trabalhar com escultura e vitrines! e adivinha aonde a arte dela foi parar? nas vitrines ‘amazônica’, claro! (: hehe. as folhagens cheias de vida trouxeram o mood ideal pras lojas, dando um toque de selva aos ambientes.

ela ficou super feliz com o resultado e nós também! já que está na vitrine, qualquer um que passa pelos shoppings ou pelas ruas pode ver as folhagens. com isso, a arte se torna acessível e de todos!

vem se inspirar nas obras da myriam glatt e dar uma olhada de perto na floresta ‘oh, boy’!

compartilhe